domingo, 24 de dezembro de 2006

(67) ORAÇÕES

Caça. Uma das paixões do Januário
Era também muito crente, coisa que não casava.
Esses seus olhares para o alto, implicariam obviamente bondade e piedade, virtudes não compatíveis na matança por prazer.
Mas enfim, a cada qual sua moral e lá ia usufruindo do seu gozo.
O sonho, a meta, era a caça grossa.
E, do tanto sonhar ao realizar, foi uma penada.
Gastou o que tinha e não tinha e lá embarcou.
Dizimou. Sem dó nem piedade e por mera e vã glória.
E dizimou o que na gana lhe deu, até ao encontro com o leão.
Ali, em frente ao poder do rei, os nervos não aguentaram, largou armas e bagagem e, como o povo diz, cavou.
Correu, correu e o rei no seu encalço.
Âs tantas esparramou-se. Fechou os olhos perdido e, esquecida a sua frieza na matança, levantou os braços ao céu, soluçando e rogando:
Senhor, fazei que o animal seja crente.
A selva aquietou-se. Ainda a medo, abriu os olhos e o milagre estava à vista. A grande fera de rojo, patas dianteiras justapostas, erguia a grande cabeça enjubada e balbuciava.
Dissipado o pânico, sorriu o Januário. Afinal fora atendido !
Não era caso para jubilo e disso ficaria certo se os animais entendesse.
O leão orava sim, agradecia ao senhor aquela magnifica refeição.
Crente, mas também não piedoso.

Não surge fácil a tarefa de Deus, em face do contraditório dos rogos, tornando-se evidente que o sol quando nasce não é para todos.

1 comentário:

preconceitos disse...

De cadencia a 25 de Dezembro de 2006 às 20:09
Eu não sei bem se estes disparates do ser humano figuram na lista das tarefas prioritarias de Deus....
Sabes....eu muitas vezes sinto que Ele nos deu o livre arbitrio e agora esta simplesmente a observar o que fazemos com ele...assim à laia de educadora de infancia que observa os miudos no recreio: quedas, esfoladelas, brigas, cabeças partidas etc...
Será ?

De preconceitos a 26 de Dezembro de 2006 às 11:34
Vejo d'outra forma.
Tudo o que havia sido criado era belo, disciplinado, porém extremamente rotineiro e demasiado certo.
Criou um animal diferente para observar o resultado.
Para ser curto e grosso digo: lixou-se.
O bicho saiu muito pior que a encomenda...

De yuki a 27 de Dezembro de 2006 às 22:03
Será que se lixou mesmo? Não terá Ele feito de propósito?
Não esqueçamos que Deus está acima de todo o Bem e Mal... e Ele para fazer Bem por vezes tem de recorrer ao Mal.
O problema é que nós somos demasiados grunhos para mudarmos e sermos melhores pessoas e o impasse é, por isso mesmo, demasiado longo.
Os lixados somos nós, não Ele.

De preconceitos a 29 de Dezembro de 2006 às 11:08
É um cenário, repetido à exaustão, que a ciencia vai corroendo.
Aquieta e descansa quem não quer ir mais longe.
Creio demais no supremo artista.
Se faz de propósito, assume. JamaIs sacudiria a água do capote, "lavando daí as suas mãos".
Fica bem. Fica com o teu Deus.

De maricel a 29 de Dezembro de 2006 às 19:55
ESTÁS DE VOLTA? QUE BOM, JÁ TINHA SAUDADES
O SOL, É PARA TODOS, MUITAS VEZES NÃO O SABEMOS APROVEITAR.

De preconceitos a 10 de Janeiro de 2007 às 11:29
Quem está de volta és tu, que há muito não te lia.
O tal de SOL depende sempre dos óculos com que o olhamos.