terça-feira, 14 de fevereiro de 2006

(2) E O AMOR ?

Alguém que me ama, na sua límpida e cândida ternura, perguntou se não me sentia triste por viver só.
Respondi que não estava só porque a guardava no meu coração
!

3 comentários:

NINHO DE CUCO disse...

Carlos
Para vencer é preciso acreditar. E é preciso acreditar com força e sentir que há outras sensibilidades que nos reforçam. Acredito, solidarizo-me e luto para que situações de injustiça social sejam erradicadas. E é com essa força que te digo: o Ano de 2008 vai ser melhor e gratificante para ti nas suas compensações. Bom Ano de 2008!..

Deixei-te no meu cantinho a resposta à tua pergunta sobre as duas moedas.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Carlos
Não sei o que é viver só. A companhia não é só as imagens que guardamos no coração. É também os nossos projectos, os nossos desafios, a nossa interacção com os outros. A maioria das vezes as pessoas estão acompanhadas para deixar morrer os afectos, alimentarem-se de cansaços e perderem a capacidade de entrega.
O amor é para ser vivido e não consumido.
Um Bom Ano de 2008.

preconceitos disse...

Que bom teres comentado.
Deu para perceber que no meu coração não guardo imagens e sim afectos.
Fica na luz.