domingo, 1 de março de 2009

(233) Carnen levare





A curiosidade incita-nos a conhecer as origens daquilo cuja compreensão imediata não é fácil. Sabemos hoje mergulhar neste manancial de informação oferecido pela NET e também sabemos haver ali cereal com muito joio.
Li coisas interessantes e acabei por escolher duas pequenas informações, uma delas, com humildade, referindo lacunas, por carecer de fontes fidedignas . Assim linkei Carnaval e wikipedia
Seja sua origem esta ou outra (li algumas hipóteses bem curiosas), não deixa de ser um estranho período de festas.
A minha opinião, valendo o que vale, leva-me a concluir a falta de coerência entre a raiz e a continuidade da pratica do acto, senão diferente no modo, pelo menos na intenção, e é assim que olho o Carnaval d'hoje:
Despojados da mascara todo o ano usada, divertem-se os homens numa história de faz de conta, afinal em muitos casos a verdadeira expressão daquilo que gostariam de ser, ou ter sido, mas que o traçado da vida, ou a sua falta de ousadia não lhes permitiu.
Alicerçam-se no "é Carnaval ninguém leva a mal" e assim dão vazão aos sonhos e fantasias que mal grado a vontade, pululam em cada mente, esquecendo na essência, e pouco interessando à maioria, a razão base da festividade.
Quase como: vou aproveitar estes dias para deixar as grilhetas da condição humana e ser finalmente o animal em natureza.
Claro, o pecado está em que essa prática vem eivada dos defeitos adquiridos enquanto humano, alguns dos quais já não consegue refrear.
Nestes poucos dias extravasam e logo voltam a colocar a mascara para continuar a sua rotineira vida. com esperança ou sem ela.
E depois ?
Bem e depois é como tudo na vida, há os actores e os espectadores.
Digamos que com Carnaval ou não, passamos a vida em cena.
Desta vez a minha cena foi de máquina na mão, clique aqui, clique ali.
Dediquei o trabalho essencialmente às crianças e aqui eram aos milhares enquadradas no tema deste ano, as profissões.
Sem a qualidade que gostaria, ficam algumas fotos da criançada, em alegria e cansaço, ainda encarando o acto, sem filosofias, pela brincadeira aparente, a cumprir por imposição adulta, agradando ou não. Lá virá seu tempo !
As fotos estão em álbum à distancia de um CLIQUE

7 comentários:

Cris Animal disse...

Oi, meu Querido....estou em casa, finalmente!
Muito legal o post sobre a origem e o porquê do carnaval...
este ano, passei longe dele....rs
Meu carnaval foi no meio de um pasto....literalmente!
Super beijo
.............Cris Animal

Mariz disse...

Salve Yet

Muito esclarecedor, muito lúcido, muito real, muito engraçado e muito a jeito de se ver nele apenas as crianças...as que se divertem com isso, porque eu desde criança que não gosto do carnaval e passava tormentos quando a minha mãe ia de propósito a Espanha comparar-me fatos dos mais belos - no entender dela - para me vestir nos ditos dias destinados a essa festança.
Escrevi não sei a quem... porque razão as pessoas gostam tanto dessa altura do ano, se em todos os dias, elas andam mascaradas?! E insistem nisso...parece que não fazem a mínima questão de mudar e ver a realidade das coisas e sobretudo de si mesmas. Isto vai ao encontro do seu post!

Abraço meu
Sempre...
MAriz

Isa disse...

Obrigada pela visita.
Muitas vezes,nas aulas,ouvi alunos
dizerem que só o pai trabalhava pq.
a mãe era doméstica.
Desarmava-os e levava-os a pensar melhor. Hoje só tenho 12º e há muito q. ñ ouço isso.
Sou,também dona de casa.E gosto.
Mais, sou gestora,cozinheira,ama,
sei lá.Gestora, sou catedrática!
Sei gerir o pouco e o assim assim..
Acredita,Amigo.
Boa semana.
Abraços.
isa.

VANUZA PANTALEÃO disse...

539 aninhos?
Jovem, jovem...cliquei, viu? Acho que entendi o "espírito da coisa". Amigo, a tal "festa da carne", não posso negar, já me proporcionou momentos interessantes, no passado. Agora, parei. Mas posso, um dia, me fantasiar de "mim mesma" e sair por aí, rsss.
Vou voltar, se você deixar...obrigada pelo incentivo!
Carinho por você e pelo teu trabalho!!!Bjs

Paula Raposo disse...

Tão bonitas as fotos!! Bem coloridas e alegres. Como são as crianças. Beijos.

Maysha disse...

Ola bom dia!
Eu penso que o carnaval é engraçado para as crianças, proporciona-lhes um dia diferente, um modo de darem vida às fantasias.
As minhas netas mascaram-se sempre do que segundo dizem, gostavam de ser.
Lembro-me que o meu filho chorava no carnaval pois quando era o desfile da escola nunca se queria mascarar, tinha vergonha, dizia ele. Eu bem insistia e dizia que era muito engraçado, mas ele não se deixava convencer.
Agora é ele que compra belos fatos para as filhotas...
As sus fotos estão muito belas, é um prazer ver rostinhos felizes e inocentes.
Quanto aos adultos...já não acho tanta piada, pois de facto mascaradas andam as pessoas a maior parte do tempo. Mas embora eu não aprecie, cada um tem o direito de se divertir do modo que mais lhe agrada.

Tenha um mágico dia, deixo-lhe um beijo de luz
Isa

Baila sem peso disse...

Vi por aí muitos rostinhos
mascarados a contento
vi outros mais tristinhos
por certo com ressentimento.

eu não me mascarei
talvez porque tenha de pôr máscara
tantos dos dias, já nem sei...

e isso não é porque eu queira
é mesmo porque outros pedem
que me "vista" dessa maneira...

tem dias...mas se eu pudesse
andava sempre sem máscara...
ui, ia ser giro...nem sei que seria
um sonho envolto em magia, que no céu em asas dançaria :D

huumm...e lá estou eu a adiantar-me

(ah, mas esta aqui sou eu mesma, não tenho máscara, venho mesmo sem fantasia...é como dar um pulinho ao interior e sair magia...o que eu não faria se o mundo fosse todo poesia...pois, mas não é...eu sei...por isso coloco a máscara, nos dias e gentes que não sei)

Obrigada pela "pequenada"...e sim, não tenho nada contra...história do "faz de conta"...desde que não prejudique acho que está na liberdade de como cada um o diz...e contradiz...desde que se seja feliz...

Fica o meu beijinho